Static engine noise certification

Certificação do ruído de motores estáticos

Os testes em solo do ruído de motores estáticos de aeronaves são realizados para definir as medições estáticas em solo do ruído do motor.

Ask an Expert

Visto que os testes em solo do ruído de motores estáticos de aeronaves são geralmente mais baratos do que os testes de voo, além de serem menos afetados pelas condições atmosféricas, variações da superfície terrena, rotas de voo, etc. e, portanto, mais previsíveis, eles são preferíveis aos testes de voo. Após a certificação inicial de ruído de aeronaves, os fabricantes de aeronaves não precisam realizar um teste completo de certificação de ruído em motores novos ou que foram modificados. Eles podem fazer com que os motores novos (ou modificados) recebam a certificação de ruído pelas autoridades através do procedimento equivalência de solo para voo (GTFE).

O sistema de teste de certificação de motor estático (SECT) da Brüel & Kjær atende os requisitos e procedimentos de medição previstos pelas normas de certificação de ruído do setor, a ICAO FAR 36 e Anexo 16, e a SAE ARP1846A e ARP866A – Standard Values of Atmospheric Absorption as a Function of Temperature and Humidity (valores padrão da absorção atmosférica como uma função de temperatura e umidade).

Sugestão de sistema

Static engine noise certification system overview

O sistema SECT realiza, com precisão, todas as tarefas necessárias para a certificação do ruído de motores estáticos e para os testes de desenvolvimento, sendo baseado em nossa plataforma de aquisição e análise de dados PULSE, bem como em outros produtos comerciais para pronta entrega que abrangem toda a cadeia de medição. Ele coleta todos os dados de ruído e meteorológicos relevantes, necessários para gerar os níveis certificados de ruído, e corrige tais dados de acordo com as condições normais de referência, tanto para os equipamentos de medição quanto para a absorção atmosférica.

Devido ao sistema SECT ser uma estrutura aberta, é possível adicionar ou incorporar tarefas adicionais de pesquisa e desenvolvimento (com base nos requisitos individuais do cliente) ao fluxo de trabalho do sistema.