TIPO 8405-G

Métricas de Qualidade Sonora BK Connect

Para a caracterização do som do produto através da quantificação das emissões acústicas em termos de como os humanos respondem a elas, registrando dados para pós-processamento

Request a quote

Esta opção BK Connect analisa a qualidade do ruído do produto, utilizando parâmetros que se relacionam intimamente com a experiência humana completa do som, em vez de usar quantidades puramente físicas como a pressão sonora. O software pode analisar medições registradas, utilizando métricas de qualidade sonora, tais como 'sonoridade'. Os usuários podem filtrar o som utilizando esses parâmetros de qualidade sonora, alcançar metas de engenharia e entender o valor das mudanças em potencial. 

CENÁRIOS DE USO

  • Análise e edição pós-gravação 
  • Processamento em lote de múltiplas gravações sonoras
  • Comparações de benchmarking de produtos da concorrência e atuais 
  • Desenvolvimento e avaliação de maquinário pesado
  • Avaliação da inteligibilidade da fala
  • Investigações do incômodo gerado pelo ruído

QUALIDADE SONORA VERSUS PRESSÃO SONORA

A análise de som convencional e física lida com o som no ar. As métricas de qualidade sonora medem os efeitos que nossos ouvidos têm sobre o som antes que este alcance nossos cérebros, tais como o favorecimento de certas frequências. As métricas de qualidade sonora também medem como os nossos processos mentais determinam como o som nos afeta. Algumas métricas, tais como a Zwicker Loudness, tentam entender como o ouvido humano experimenta os sons, ponderando adequadamente as diferentes partes do sinal sonoro. Outras métricas, como o índice de articulação, quantificam fatores tais como a facilidade de manter uma conversa perto da fonte sonora. Ao usar combinações de tais métricas de qualidade sonora objetiva para descrever os resultados desses fenômenos psicoacústicos complexos, é possível quantificá-los com segurança e repetível, proporcionando instruções de engenharia claras.

RESULTADOS

É possível visualizar os resultados da análise em termos de métricas de qualidade sonora, como “aspereza" ou "nitidez", ao lado das unidades convencionais, como o nível de pressão sonora. Ao mesmo tempo, os sons podem ser reproduzidos, enquanto você visualiza seu conteúdo espectral em uma exibição de espectrograma. O usuário também pode selecionar apenas as seções válidas do histórico de tempo.

RECURSOS 

  • Incorporação de cálculos de métricas de qualidade sonora em análises padrão de ruído e vibração
  • Análise simultânea de banda larga espectral e global com cálculos métricos
  • Correlação de avaliações subjetivas com métricas objetivas
  • Comparações de múltiplos produtos

MÉTRICAS DE QUALIDADE SONORA

  • ISO 532-1 2917, sonoridade estacionário, percentuais de sonoridade, nível de sonoridade
  • DIN 45631 sonoridade que varia com o tempo
  • DIN 45631/A1 
  • Sonoridade Binaural - Robinson e Whittle, Moore-Glasberg 
  • DIN 45692 nitidez
  • Intensidade da flutuação
  • Aspereza
  • Índice de Articulação
  • Relação de tom/ruído – ANSI S1.13 
  • Taxa de proeminência – ANSI S1.13
  • Tonalidade - Terhardt 

CARACTERÍSTICAS

  • Análise gráfica e do tipo arrastar e soltar da cadeia de processo
    Todas as análises BK Connect utilizam um conceito gráfico de cadeia de processo para configurar o processo de análise pós-gravação. Isso inclui elementos individuais para filtragem, análise, exibição e armazenamento de resultados. Cada um é individualmente configurável. As cadeias de processo podem ser exportadas para um arquivo e enviadas por e-mail para permitir que outros repitam um processo definido e padronizado.
  • Processamento automatizado
    Para maximizar a produtividade, o BK Connect permite o processamento em lote de análises em sequência ou paralelas de vários conjuntos de dados importados. Os dados de tempo também podem ser importados automaticamente a partir de uma unidade de rede e você ainda tem a opção da criação automática de relatórios.